Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 29 e 31 de dezembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

PARQUE SERRA DA BOCAINA

Parque Nacional Serra da Bocaina, Estado de São Paulo. O governo federal anuncia que vai ampliar a visitação e as ações de sustentabilidade nos parques nacionais de todo o país.
O único parque federal no Estado de São Paulo é o "Parque Nacional Serra da Bocaina" que ainda avança no Estado do Rio de Janeiro.
O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável por meio do turismo ecológico.
A atividade de ecoturismo garantirá a inclusão social com a participação das comunidades situadas nas áreas de influência.
Além disso, incentivará a estruturação de produtos turísticos nas regiões atendidas.

Leia mais...

 

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 22 e 24 de dezembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

PRESÉPIOS PRECIOSOS

Presépios preciosos no Museu de Arte Sacra.O Museu de Arte Sacra de São Paulo, instituição da Secretaria da Cultura do Estado, exibe até 7 de janeiro: "Os Artesãos e seus Presépios", em parceria com a Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades, a Sutaco,
A produção foi feita por 14 artesões da capital e do interior do Estado.
São 21 presépios únicos e manufaturados em diversos materiais e suportes desde palha de milho até os mais tradicionais de barro e madeira.
O Museu fica próximo à Estação Metrô Tiradentes e aguarda a sua visita.
Aliás, esse Museu é atração o ano todo com um acervo contendo livros raros, prataria, ourivesaria, mobiliário, telas, uma variada coleção de presépios e, até, moedas e medalhas pontifícias desde o século XVI. É um excelente passeio.

Leia mais...

 

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 14 e 17 de dezembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

CONHEÇA MARUJÁ

O Litoral Sul de São Paulo tem praias lindas como a de Marujá.É um lugar onde vivem cerca de 1200 espécies de plantas, entre elas 118 espécies de orquídeas e 41 de bromélias, além de cerca de 40 espécies de mamíferos e mais de 400 tipos de aves. Tem até o boto cinza, que sempre agrada os visitantes.
Também é um pedaço de Mata Atlântica banhado pelo Oceano Atlântico.
Estamos escrevendo sobre Marujá, uma comunidade localizada na Ilha do Cardoso, uma das mais belas ilhas do litoral brasileiro, devido a seus atrativos naturais como costões rochosos, cachoeiras, praias, restingas, manguezais, além da Mata Atlântica.
A comunidade do Marujá é a maior das seis comunidades preparadas para receber visitantes no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, este, por sua vez, integrando o complexo Lagamar reconhecido pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

Leia mais...

 

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 07 e 10 de dezembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

UMA JÓIA HISTÓRICA

Maria Fumaça Teresa Cristina, na Estação de Bananal.A cidade mais a leste do Estado de São Paulo é Bananal, com um conjunto urbano tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural de São Paulo. Suas casas bem preservadas e uma das mais antigas estações de trens do país envolvem uma variada produção de artesanato.
Nos tempos dos "Barões do Café", Bananal chegou a ter a sua própria moeda, tal a força cafeeira local. Isso acabou nos deixando inúmeras casas de fazenda que, hoje, atraem turista para descanso rodeado de paraísos verdes e de importantes páginas da nossa história.
Bananal é uma de nossas preocupações, pois é uma de nossas "Cidades Históricas Paulistas" carente de uma correta divulgação de suas potencialidades turísticas. O mesmo ocorre com as demais cidades vizinhas: São José do Barreiro, Areias, Silveiras, Arapeí e Queluz.

Leia mais...

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 106

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região