Inscrições do Congresso
Congresso do Turismo Paulista
Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas de 30 de outubro a 01 de novembro de 2020.

AddThis Social Bookmark Button

BRODOWSKI, DE PORTINARI

A capela do Artista no Museu de Portinari.  Foto de Ken Chu.Entre Ribeirão Preto e Batatais, às margens da Rodovia Cândido Portinari, está localizada a cidade de Brodowski, onde se encontra a casa em que o pintor residiu, e que hoje é um respeitável museu.
Brodowski é uma cidade muito agradável e tranquila, bem cuidada pela atual administração, sendo sempre proveitosa toda e qualquer parada que se faça ao estar na rodovia Cândido Portinari.
A população acolhe com carinho os seus visitantes.
Talvez a maior atração seja a Casa de Portinari, onde o pintor deixou em suas paredes algumas de suas pinturas iniciais.
Na pequena capela que ele construiu no quintal, todos os santos têm a face retratando alguém da família. É uma visita muito interessante.
Está reaberto de 3ª. à domingo, das 10h às 16h.

Na foto de Ken Chu: A capela do Artista no Museu de Portinari.

ASSIM COMEÇOU...

Uma das belas praças de Brodowski (SP).Quando a Cia. Mogiana de Estradas de Ferro estava criando linhas férreas para o nordeste do Estado paulista, nos de 1890, fazendeiros da região ofereceram àquela ferrovia uma área para a construção de uma Estação, idéia que agradou à Mogiana.
O inspetor geral da Mogiana, o engenheiro polonês Alexandre Brodowski teve marcante participação na viabilização da proposta.
Ele era um homem forte na Mogiana, técnico de renome, cuja vontade foi respeitada e, em 5 de setembro de 1894 foi inaugurada a Estação com armazém e pátio de manobras.
Em homenagem ao seu ilustre inspetor geral, foi dado à Estação o nome de Engenheiro Brodowski.
Em volta da Estação nasceria a progressista cidade que em 1913 foi criada como Brodowski, hoje uma agradável cidade entre Batatais e Ribeirão Preto, com o título oficial de Município de Interesse Turístico.

Na foto: Uma das belas praças de Brodowski (SP).

OLÍMPIA UMA BOA ESTÂNCIA

Vários parques de água quente em Olímpia (SP).O que por Lei se chama "Estância Turística de Olímpia" é uma cidade de 50 mil habitantes, a 430 km da capital, a 50 km de Rio Preto e a 49 km de Barretos.
Talvez seu principal atrativo seja a abundante água termal, com as quais foram criados quatro parques aquáticos termais, todos já reabertos.
Milhares de turistas se deliciam com os maiores complexos de água quente natural. E ainda tem na cidade o Parque dos Dinossauros.
Para atender tanta demanda de turistas perto de 50 bons hotéis e pousadas estão reforçados por 2 resorts, 4 hotéis fazenda e 158 casas de veraneio. São mais de seis mil leitos disponíveis na cidade.

Na foto: Vários parques de água quente em Olímpia (SP).

OLÍMPIA DE CULTURA

A cidade de Olímpia (SP) continua crescendo.De fama internacional, o Festival de Folclore de Olímpia é a sua manifestação máxima no campo cultural. Preserva e mantém viva a cultura popular incentivando as dezenas de grupos folclóricos locais.
Há, também, o Museu de História e Folclore, a velha Estação Ferroviária, prédios históricos,
No artesanato destaque para o 'serviço americano' em trançado estrela, cujos trabalhos já receberam prêmios internacionais de 'design'.
A sua prefeitura e a respectiva equipe que cuida do turismo em Olímpia são de excepcional gentileza e atenção para com os visitantes, razão pela qual a cidade merece a sua visita.

Na foto: A cidade de Olímpia (SP) continua crescendo.

MOSTRE-SE NO SALÃO SÃO PAULO.

As cidades querem desempacotar seus atrativos.Apesar das restrições atuais, a retomada está sendo realidade no Estado paulista e, assim, o Salão São Paulo de Turismo, a principal força do nosso turismo, recebe dos organizadores a atenção que é requerida.
Mesmo com as atuais eleições municipais, é importante os departamentos de turismo de nossas prefeituras já irem se preparando para a próxima exposição, já marcada para os dias 15, 16 e 17 de junho de 2021, ano importante para o progresso de todos os municípios.
Portanto, agora é hora de começar "mexer os pauzinhos" para nenhuma cidade importante ficar de fora.

Na foto: As cidades querem desempacotar seus atrativos

(texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 –10/2020)

Desenvolvido por:
Guia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região