18º. CONGRESSO DO TURISMO PAULISTA

Veja a programação e se inscreva clicando aqui

Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 12 e 15 de julho de 2018

AddThis Social Bookmark Button

MAIS UM FESTIVAL DO FOLCLORE

Tropeiros da Borborema, da Paraíba, em Olímpia.Este ano a Estância Turística de Olímpia oferece o 54º Festival do Folclore.
Nos dias 4 até 12 de agosto o evento tem como destaque o "Grupo de Cultura Nativa Tropeiros da Borborema", de Campina Grande, este um dos Estados mais queridos do público do Festival.
Os tropeiros foram importantes para Campina Grande, transportando alimentos em lombos de mulas e jumentos em longas caminhadas.
O grupo que agora nos visita, fundado em 1982, constitui-se em patrimônio cultural da Paraíba. Em seu invejável currículo conta com ousados títulos como o de grupo mais autêntico do mundo, conferido pela imprensa especializada francesa. O grupo por três vezes representou o Brasil na Espanha, duas vezes na França e uma vez na Coréia do Sul.

BALÉ POPULAR DE SISAIS

Balé Popular Sisais, de Pocinhos, PB, também em Olímpia.O "Balé Popular Sisais, de Pocinhos", na Paraíba, é o mais novinho na terra do Curupira. Fez sucesso o ano passado e, por isso, retorna agora de 4 a 12 de agosto próximo na Estância Turística de Olímpia.
Fundado em outubro de 2012, a sua criação inspirou-se na formação histórica de Campina Grande, quando a cidade então marcava os primeiros passos de desenvolvimento.
O "Sisais" é uma referência ao sisal, que é extraído do Agave, planta de origem mexicana que faz parte da flora do território do município de Pocinhos. O cultivo do sisal foi a mais importante atividade econômica do município nas recentes décadas de 50 e 60.

CIDADE DE PIEDADE

Piedade sempre mostra a riqueza e variedade de sua cidade. Foto Alexandra Tahan.Localizada no reverso da Serra do Paranapiacaba, o município de Piedade, agora de interesse turístico, está localizado a apenas 100 km da capital, na região de Sorocaba, e também conhecido por suas "Cerejeiras do Japão" que enfeitam a cidade nesta época do ano.
Antes a maior produtora de cebola do país, hoje uma cidade importante produtora de diversos produtos, com destaque para o "kaki fuyu", morango, alcachofra, e dezenas de outros produtos.
Mas, agora, Piedade se destaca nos segmentos do turismo, aproveitando exatamente o potencial do seu agronegócio, dando ênfase para os aromas e sabores da cidade, e começando a aparecer o seu excelente artesanato.
Visite Piedade. Você vai se encantar.

ATRATIVOS DE PIEDADE

A delicadeza do artesanato de Piedade,  Foto Alexandra Tahan.Entre os atrativos do município destaca-se o Jardim Oriental de Piedade.
É parte de um conjunto turístico que está localizado no km 101 da rodovia SP-250. Já o seu Parque Ecológico, palco de diversas atividades culturais e socioambientais, está localizado na Vila Nova Olinda.
Em Piedade também está o Parque Estadual do Jurupará, criado em 1992, com 26 mil hectares.
Trata-se de uma reserva da Biosfera da Mata Atlântica considerada unidade de conservação do Estado de São Paulo, integrante do sistema Estadual de Florestas. Ali são desenvolvidos projetos de ecoturismo.
Conheça os aromas e sabores de Piedade.

TABATINGA NO SALÃO

Tabatinga, capital dos bichos de pelúcia se fez presente no Salão São Paulo.  Foto Alexandra Tahan.A cidade de Tabatinga, um dos 'Municípios de Interesse Turístico', se fez representar mais uma vez no recente Salão São Paulo de Turismo.
Sendo a nossa 'Capital Nacional dos Bichos de Pelúcia e dos Móveis Infantis' já se antevê que ela é um atrativo por si só.
Por isso, o seu stand sempre é muito concorrido, atraindo pela graciosidade dos bichinhos confeccionados naquela cidade.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – julho/2018)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região