Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 20 e 23 de julho de 2017

AddThis Social Bookmark Button

O ECOTURISMO EM TAPIRAÍ (SP)

Lugares agradáveis são fartos em Tapiraí. O município possui 80% de sua área tombada como 'Área de Proteção Ambiental' estando localizado numa região cercada de Mata Atlântica. Falou em Ecoturismo, falou em Tapiraí, pois são inúmeros os seus atrativos nesse segmento, com muitas nascentes e cachoeiras de águas cristalinas.
A Unesco declarou Tapiraí com 'Patrimônio Natural da Humanidade'. Por aí já se percebe o seu alto valor turístico. Além do que, a cidade está a apenas 135 km da capital paulistana, fácil de ser alcançada. Embora o tapir (anta) seja o símbolo da cidade, historiadores afirmam que 'tapiraí' na língua tupi não quer dizer 'rio das antas', mas sim quer dizer 'rio das andorinhas'.

VISITE TAPIRAÍ (SP)

Estande de Tapiraí, no Salão São Paulo de Turismo.  Foto Nádia Novaes. Destacando-se por produzir um dos melhores gengibres do mundo e dona dos diversos atrativos ligados ao Ecoturismo, Tapiraí durante o verão tem dias quentes e noites amenas, enquanto no inverno o frio é rigoroso, dispensando viagem ao sul do país.
A Casa do Artesão esmera-se em compotas de doces e geleias, tanto quanto as lembranças da cidade em cestaria, bambu ou couro. Mas, o que importa citar é que as pousadas locais se prepararam para hospedar com conforto e tranquilidade hóspedes o ano inteiro.
A 'Pousada Salve Floresta' recebe com muita frequência turistas da Europa, principalmente da Alemanha, que atravessam o Atlântico para observar os pássaros da região. A 'Pousada Vilarejo do Quim' tem por lema 'bem comer, bem dormir, bem feliz'. A proprietária comanda um cardápio que você precisa provar. Visite Tapiraí. É logo aí!

PRESSA OU PERFEIÇÃO?

O exemplar Comtur de Socorro em ação.Os municípios paulistas estão procurando cumprir as exigências para a conquista do título de "Interesse Turístico". Inventários, demandas, conselhos municipais e plano diretor de turismo são tarefas que precisam ser executadas.
Mas, não podem os prefeitos apressarem (tem aquele que deu 15 dias para uma tarefa que leva meses) a conclusão dos trabalhos sob pena de apresentação malfeita que vai causar atraso de meses ou ano.
Os inventários precisam ser o retrato da verdade, o Conselho Municipal de Turismo precisa estar com a Lei correta e o Plano Diretor de Turismo não pode ser feito 'no joelho'. Até porque trata-se de uma base para posteriores pedidos de verbas.
Façam tudo bem-feito, sem olhar para o relógio. Assim, até será mais rápido. Ah! Outra coisa: É verba do Turismo para o Turismo Receptivo...

PASSEAR NA CAPITAL PAULISTANA

A Avenida Paulista.  Foto Ken Chu.O que fazer na cidade de São Paulo?
Há passeios em que você visita diversos momentos históricos, desde a fundação até a modernidade. Há passeios que inclui o mais famoso Mercado Municipal com o seu tradicional sanduíche de mortadela. Ou os que apreciam as obras magistrais de Ramos de Azevedo, ou os modernos conceitos arquitetônicos de Ruy Ohtake.
O turista se agrada numa Avenida Paulista, cartão postal da cidade, e se delicia numa rua como a Oscar Freire de grifes sofisticadas. Um invejável número de museus e casas de cultura. Excelentes hotéis e centenas de casas de diversões. Gastronomia das melhores do mundo.
Há passeios para todos os gostos e para todos os bolsos. Tanto os tradicionais de 3 a 5 horas, como aqueles que incluem passeios no Interior do Estado ou no Litoral paulista.
Muitas Agências de Turismo oferecem tais passeios, mas hoje recomendamos uma especialista: a Check Point (11) 2791-1316.

ALDEIA DE CARAPICUIBA

A preservada Aldeia de Carapicuíba.  Foto Denise Cursino, Graffit.Uma igreja antiga e diversas casinhas, algumas em taipa de pilão dispostas em um quadrilátero, constituem hoje a única aldeia de jesuítas que ainda preserva as suas características iniciais, das doze que foram um projeto de aldeamento ao redor de São Paulo nos idos de 1580. A Aldeia de Carapicuíba foi tombada nos anos 40 pelo Iphan.
Ali, onde foi uma das Rotas dos Bandeirantes, faz parte hoje do "Circuito Turístico Taypa de Pilão". Memória viva resgatando parte da nossa história do descobrimento.
E é uma boa opção de lazer bem próxima da capital. A Graffit Turismo tem um perfeito esquema de visita monitorada (11) 5549-9569 e a Prefeitura informa no tel. (11) 4186-0821.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – julho/2017)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região