Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 16 e 19 de março de 2017

AddThis Social Bookmark Button

CHEGOU A AMITESP

Emblema da nova AMITESPDepois de reuniões preliminares e constituintes, eis que temos agora a Associação das Prefeituras dos Municípios de Interesse Turístico – a AMITESP.
Ela vai acolher tanto os municípios que já estão prontos para receber turistas, quanto os municípios que ainda precisam se preparar, mas que detém bom potencial turístico. As cidades chamadas de Estâncias Turísticas já têm uma excelente entidade a defendê-las, como é o caso da eficiente Aprecesp. Já temos a AMITur que é uma entidade puramente técnica e que serve a todo tipo de município. Faltava, então, uma entidade exclusiva para os que se enquadram como Município de Interesse Turístico. Faltava, mas não falta mais!
A AMITESP já está totalmente regularizada e registrada, terá sede oficial em nossa capital, e, para a presidência foi eleita a prefeita de Monteiro Lobato, Daniela de Cassia Santos Brito. A vice-presidência ficou para a cidade de Pedreira com o prefeito Hamilton Bernardes Jr. Eduardo Ponquio Martinez, prefeito de Tabatinga é o Diretor Secretário, e o prefeito de Brodowski, José Luiz Perez, é o Diretor Tesoureiro.
Há mais três dezenas de prefeituras fundadoras. O momento é importante, principalmente para a maioria das prefeituras que estão no início de primeira gestão, razão pela qual ingressar na AMITESP é a melhor solução. Recomendamos.

AREIAS DE LOBATO

Agradável pracinha em Areias. Foto Aniello de Vita.Monteiro Lobato foi promotor público, de 1907 a 1911, na cidade de Areias, no mesmo prédio de 1833 onde abrigava a Câmara Municipal, depois a cadeia, e onde hoje é a Casa da Cultura.
O casario colonial da cidade revela sua pujança no século XIX, sendo um grande destaque. A cidade tem, ainda, a Igreja Matriz com construção iniciada em 1792. Seis anos depois foi erguido o Hotel Solar Imperial que em 1822 serviu de pouso para D Pedro I durante a viagem na qual proclamaria a Independência.
A cidade de Areias foi pioneira na plantação de café chegando a produzir 100 mil arrobas. É uma cidade com muita história e, por isso, sempre agrada os seus visitantes.

TERRA DE MALBA TAHAN

A Aldeia que nasceu em torno de uma capela construída por índios e escravos, com estrutura feita de taipa e madeira de lei, tornou-se a cidade de Queluz, em homenagem ao solar onde nasceu D Pedro I.
O passado deixou importantes marcos rurais, como as sedes ainda existentes das fazendas do Sertão, São José, Restauração, Bela Aurora, Regato, Cascata entre outras.
Queluz é um município de potencial turístico, com sua linda Cachoeira Marambaia, sua gruta, o mirante e a famosa Ponte de Queluz. Recebem muitos visitantes, e ainda podem melhorar o seu Centro Cultural Malba Tahan.

BANANAL FAMOSA

Estação pré moldada na Bélgica e montada em BananalParada obrigatória de tropeiros que circulavam na região para comercializar, Bananal foi uma das cidades ricas do Ciclo do Café, e com grandes fazendas. A cidade tem patrimônio histórico do século XIX, é agradável e aconchegante, e muita hospitalidade para os turistas.
Com a preservação de seus patrimônios históricos, Bananal oferece passeio pela Praça da Matriz, que reúne a Igreja do Senhor Bom Jesus do Livramento, um charmoso coreto e um chafariz europeu de ferro.
Na mesma praça estão o Solar da Matriz, o sobrado Aguiar Vallim, e a Casa do Artesão, com produtos como o típico crochê de barbante.
Próximo dali a antiga estação, com bela estrutura desmontáveis pré-fabricadas na Bélgica em placas duplas almofadadas. É o único exemplar em todas as Américas. Visite a cidade de Bananal.

SÃO PAULO É TUDO!

São Paulo, domingo, Av. Paulista. Foto Ken ChuA cidade de São Paulo agrada em cheio todo tipo de turista, nacional ou internacional. Até quem gosta de praia poderá estar numa delas a meia hora de carro.
É claro que o Turismo de Negócios é muito forte entre nós. Mas, todos os demais segmentos se destacam e agradam. Nenhuma categoria tem o direito de se embandeirar como a mais importante, pois no Turismo todos somente serão importantes se trabalharem unidos.
Como a capital tem todos os recursos estruturais exigidos, ela passa a depender de profissionais dos vários segmentos.
E nisso São Paulo está bem servida em todos os setores.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – março/2017)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região