Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 02 e 05 de março de 2017

AddThis Social Bookmark Button

FOZ DO MARINHEIRO

Foz do Marinheiro, o Hotel Fazenda é uma pinturaO excelente Hotel Fazenda Foz do Marinheiro está instalado em frente à Represa da Água Vermelha, na cidade de Cardoso, região de São José do Rio Preto. Ali você tem enorme variedade de atividades para todas as idades, com monitoria qualificada e altamente treinada.
É um lugar que atende todas as exigências dos turistas e, ainda assim, capaz de bem sediar os eventos de empresas. Em ambos os casos todos vão gostar da boa comida caseira, de saborear peixes acompanhados de "loirinhas" à beira de agradável piscina.
À disposição dos hóspedes estão as caminhadas ecológicas, caiaques, pesca esportiva, garças, tuiuiús, martim pescador, etc.
Você precisa conhecer o carinho que te espera no paraíso de nome Hotel Fazenda Foz do Marinheiro.

LEMBRETUR 01

A cidade de Socorro deve muito ao seu COMTUR. Foto Sérgio L. Jorge. O sentido prático de difundir o potencial de uma cidade no campo das Artes, da sua História, do seu Folclore, dos seus Pontos de Visitação e Locais de Recreação é através do Turismo.
O Turismo, para apresentar melhores resultados para uma cidade, sempre terá de contar com um indispensável Conselho Municipal de Turismo, constituído por maioria de representantes da iniciativa privada.
Por quê?
Pelo simples fato de que, quando vier a ocorrer a mudança do prefeito, ou a mudança do comando político da cidade, não venha o setor a sofrer os corriqueiros problemas de interrupção.
Os representantes do governo municipal costumam ser quase sempre substituídos. E os que entram pela prefeitura, em sua maioria, sempre estão mais "por fora" do que joelho de escoteiro.
Assim, quem abriga e mantém os interesses envolvidos através do Turismo, dando-lhes continuidade, são os representantes da iniciativa privada. Exatamente por este motivo eles terão de ser a maioria e, também, contribuir com a sua parte de trabalho.

QUEM DEVE COMPOR ?

Em Brotas, o prefeito sempre ouviu o seu COMTUR. Foto Ken Chu. Quais serão os componentes de um Conselho Municipal de Turismo? Como melhor montá-lo? São as perguntas corriqueiras.
No modelo de Lei aprovado pelo Conselho Estadual de Turismo, publicado por nossa Secretaria de Turismo do Estado, e publicado pela Fremitur, da nossa Assembleia Legislativa, vamos encontrar as sugestões do que deve ser adotado.
De nada adianta pensar em copiar algo projetado para uma grande capital ou, pior ainda, seguir algum modelo de gabinete feito por pessoa sem a necessária experiência de campo, cujos "pitacos" só atrapalham.
No citado modelo que também é recomendado pela AMITur está a tradução e a indicação dos melhores caminhos para o rápido desenvolvimento econômico e social do seu município.
Basta não permitir a mutilação no texto com os palpites de pessoas que nem sabem o que dizem e que ocupam cargos com prazo de validade...

O QUE É IMPORTANTE

Se nós insistimos numa maioria de dois terços de membros da iniciativa privada, também contamos que os prefeitos indiquem os seus representantes especializados em seus respectivos setores, para que eles venham somar com os profissionais das diversas áreas ligadas ao Turismo.
Os representantes da prefeitura que não devem faltar num COMTUR são os que atuam nas áreas de Turismo, Cultura, Meio Ambiente e Educação. Assim, harmoniosamente, muito será produzido em benefício da cidade e até em benefício da própria gestão política.
Um detalhe: É inútil a indicação de titulares de Secretarias que não aparecem em reunião alguma, ou que só aparecem nos coquetéis e na hora das fotografias. Muito melhor será optar por um funcionário de carreira e que se interesse por colaborar com o setor.
Para César o que é de César, e ao Conselho o que é do Conselho!

LEMBRETUR

É um livro da AMITur que contém mais de uma centena de lembretes como os acima. Trata-se de observações importantes que foram sendo colhidas ao longo do tempo, em cidades onde tudo deu certo e em cidades onde tudo deu errado.
Os lembretes sobre turismo, logo denominados como "Lembretur" eram publicados em nossos jornais amigos. Juntos formaram o livro.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – março/2017)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região