18º. CONGRESSO DO TURISMO PAULISTA

Veja a programação e se inscreva clicando aqui

Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 27 e 30 de setembro de 2018

AddThis Social Bookmark Button

OS NOSSOS GUIAS

Cena comum em cidades turísticas.Os Guias de Turismo de todo o Brasil, devidamente credenciados, são profissionais que devem ter o seu segmento respeitado.
Há uma Lei Federal dizendo que eles são regulamentados. Por que será que ainda tem gente desrespeitando tal carreira profissional?
No Estado de São Paulo, durante uma profícua gestão, foi baixada Resolução regulamentando até os Monitores de Turismo para agirem nos chamados equipamentos fixos, após os cursos da mesma Resolução.
Se os Guias credenciados e os Monitores regulamentados têm de passar por cursos técnicos apropriados, por que é que alguns teimam em ignorar a legislação pertinente, convocando qualquer despreparado?

ESTÁ NA HORA...

Monitores trabalham em equipamentos fixos.  Foto Monkey Business.Este escriba que por 48 anos vem acompanhando, admirando, respeitando e trabalhando com os verdadeiros Guias de Turismo vem, agora, se solidarizar com dita categoria e conclamar os profissionais de outros segmentos do turismo a fazer o mesmo.
Vocês governantes, que estão de passagem por cargos públicos, olhem com mais atenção para os problemas dos segmentos do Turismo.
Ouçam as Entidades do Turismo, pois isto é o que mais vem ajudando na criação e na manutenção de boa parte da mão de obra nacional!
E você, que é Guia de Turismo, vê se toma jeito e se filie no seu Sindicato Estadual.
Não adianta reclamar sem participar. Vamos engrossar a força do nosso porrete! E, você já se registrou no Cadastur?

ISENTAR OS GUIAS

Com Guia de Turismo você aproveita muito mais.Algumas cidades ainda cobram dos Guias de Turismo alguma taxa ou imposto, como se estes fossem "abonados autônomos".
Segundo estimativa de tempos atrás, a somatória das taxas para os guias autônomos cadastrados ultrapassava o valor do salário mínimo.
Imagina-se o que o coitado terá de trabalhar para pagar referidas taxas, especialmente se considerarmos que a maioria deles não tem serviço todos os dias, nem todas as semanas.
Os Conselhos Municipais de Turismo precisam empunhar essa bandeira na sua cidade e fazer ver aos seus vereadores que é preciso a criação de uma Lei municipal isentando de taxas esses valiosos profissionais, pois o trabalho dos mesmos só traz dividendos para os cofres municipais.

MUSEU ÁGUA VERMELHA

Museu Água Vermelha, num de seus programas culturais.Este é um dos atrativos da cidade de Ouroeste, pouco acima de Jales e Fernandópolis, já na divisa com Minas Gerais.
O Museu Arqueológico abriga grande número de ossos que possam ser dos índios Caiapós ou Guaranis que viveram na região.
O acervo conta ainda com restos faunísticos, fragmentos cerâmicos e material lítico lascado e polido proveniente de diferentes grupos ceramistas.
Há uma sala multiuso equipada para exibição de vídeos e um espaço de apoio às atividades museógrafas e de pesquisa.
A cidade é bem desenhada, e são modernos os prédios do Poder Executivo e do Poder Legislativo. Tem muitos recursos naturais a serem explorados turisticamente. Quando estiver na região, visite Ouroeste.

A ELEIÇÃO VEM AÍ

Vote consciente! É época de lembrarmos aos que são relacionados ao turismo que precisamos eleger aqueles deputados estaduais e federais que defendem e trabalham pelas causas do turismo.
Outras categorias têm os seus eleitos e nós, do turismo, costumamos ser "desgarrados".
Agora é hora de união escolhendo bem em quem votamos.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – setembro/2018)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região