Seja um Associado
Newsletter Amitur
Inscreva-se e receba os informativos da AMITur
Salão São Paulo de Turismo
 
conteudo-brasil 
Banco de Imagens do Estado de São Paulo
Compartilhe
AddThis Social Bookmark Button

Clique nas fotos para ampliá-las

NOTAS DO TURISMO PAULISTA publicadas entre 23 e 26 de novembro de 2017

AddThis Social Bookmark Button

A NOSSA "PEDRINHAS PAULISTA"

Pedrinhas Paulista respira arte. Foto Geovane.Uma cidade diferente. É do tipo que agrada à maioria.
Ela emancipou-se no último dia de 1991, motivo pelo qual você dificilmente saberá dizer onde ela está localizada.
Mas, com toda a certeza, com o tempo ela será muito comentada, melhor conhecida e muito procurada por turistas.
Isso porque toda ela parece ser de uma só grande família italiana. Foi batizada com o nome de Pedrinhas Paulista.

O COMEÇO

Portal de Pedrinhas Paulista ao anoitecer. Foto Geovane.Em 1951 desembarcaram no Brasil os colonos previstos no Acordo Brasil-Itália celebrado dois anos antes.
Os italianos criaram a "Cia. Brasileira de Colonização e Imigração Italiana" para cuidar da fixação do colono através de imigrantes com experiência em agricultura.
Três anos após, já estava formada uma Cooperativa Agropecuária que começou a impulsionar o sucesso da colônia que hoje já é uma cidade com mais de 3 mil habitantes em mais de 3 mil hectares, produzindo em cada palmo da sua boa terra.

UMA CIDADE ITALIANA

Centro Cultural de Pedrinhas Paulista. Foto Geovane.O turista quando chega a Pedrinhas Paulista (plural na primeira e singular na segunda) sente estar entrando numa pequena cidade em plena Itália.
A comunidade, entre as suas preocupações, mantém a cultura da península e os costumes que vieram com os seus antepassados.
O turista de nossa Agência de Turismo adorava ver o grupo musical "Itália All'Improviso" e o folclórico "Figli D'Itália".
Entre outras festas da cidade, destacamos a do seu aniversário em agosto; a "Festa Abrueszze" no mês de julho, e a "Festa Italiana" no mês de setembro.
Mas, em qualquer época o turista vê e participa da tarantella e de danças regadas com um vinho local sem igual.
Museu, biblioteca, banda municipal e artesanato não faltam. Em toda a cidade está implantada a arquitetura em estilo romano, com destaque para o seu Portal turístico, um dos mais bonitos.

E SUAS REPERCURSÕES

Pedrinhas Paulista oferece vários grupos de danças típicas.O que mais cativa a todos em Pedrinhas Paulista é o carinho da recepção que você tem de toda população. Uma moçada forte, vigorosa e imponente. Parte dela em trajes típicos.
Estamos tratando de uma cidade que está em nono lugar entre os municípios de melhor qualidade de vida do nosso Estado e cuja mortalidade infantil é igual a Zero!
Um jornalista italiano (Rino Pizzinelli), conhecendo o Brasil anos atrás, escreveu que ao visitar a cidade de Pedrinhas Paulista viu-se diante de realizações impetuosas e que pôde então compreender de que milagre é capaz o Brasil!
Disse mais:- "Posso dizer que, em Pedrinhas Paulista, comecei a compreender esta grande terra, que é o Brasil!".
A cada viagem que a Delegação da AMITur faz com os Conselheiros de Turismo e com jornalistas da Abrajet, mais se verifica que ainda continuamos "descobrindo" o Brasil!
Ecco la questione!

A IMPORTÂNCIA DA CNTur

Nós já sabemos o que é uma Confederação e o que é a nossa CNTur (Confederação Nacional do Turismo).
Mas, quando nos perguntam qual a importância da CNTur, não entendemos como alguém ainda pode fazer esse tipo de pergunta!
Depois de várias décadas sem qualquer amparo, as empresas ligadas ao turismo passaram a ter com a CNTur, finalmente, a sua Confederação exclusiva.
Trabalhamos no turismo desde 1969. Nunca tivemos uma ação protetora, sequer informativa, em que nos fosse permitido qualquer tipo de proteção, o que diremos, então, de ajudas.
As chamadas 'forças ocultas', não tão ocultas, fizeram enorme pressão para continuarmos na 'escravidão'. Mais de dez anos de embargos protelatórios e 'estrebuchantes'.
Para a CNTur começar a fazer o que deve ser feito, é preciso que ela receba toda a verba a que tem direito, e que foram para mãos indevidas conforme já decidido pela Justiça.
Assim, o que importa agora é recuperar o dinheiro devido à CNTur.

(Texto de Jarbas Favoretto, MTb 32.511 – novembro/2017)

Desenvolvido por:
Site desenvolvido por A3 Internet, clique para ver nosso portfolioGuia comercial Circuito BR 116, ferramenta de desenvolvimento da região